Portugal #Porto


Ribeira do Porto

       Oiii povoooo, nossa estou devendo muito para vocês neh, mas a coisa andou corrida por aqui e não consegui organizar tudo como devia, estou trabalhando nessa qualidade tão especial que é gerir o tempo, e confesso que não sou muito boa nisso. Mas enfim, chega de papo e vamos ao que interessa que é conhecer mais um lugar muuuito especial, vamos ao melhor destino europeu pelo 3° ano consecutivo, chegamos ao Porto.

       O Porto é por si só uma cidade cheia de história, visto que o famoso Vinho do Porto é conhecido em todo mundo, para começar a mostrar um pouquinho do que existe por lá, eu visitei o Museu do Vinho do Porto, um lugar bonito e muito moderno, com telas interativas, painéis contando toda a história do vinho e muitas, muitas garrafas.

Vinho do Porto

       Talvez eu seja meio injusta com a cidade, mas confesso que esperava mais, não que ela não tenha sua beleza e atrativos, porém, acredito eu, que o fato de ser muito turística tira um pouco do seu brilho, os portugueses que conversei dizem que é preciso estar mais inserido para poder realmente gostar do Porto, como se os “lugares turísticos” não fossem o que a cidade tem de melhor.

Ribeira

       Mas no geral é uma cidade grande, com muitas pessoas nas ruas, muitos turistas por toda parte e todo aquele burburinho que poderia se esperar de um destino tão procurado. As ruelas estão por todo lado escondendo maravilhas que os mapas turísticos não mostram, mas realmente é preciso tempo e de preferência alguém que conheça a cidade para torná-la mais atrativa.

       Estive por lá durante um dia só, então fato que não consegui visitar muitos lugares, e terei que voltar para me satisfazer, assim como Coimbra e Caldas da Rainha. A beira do rio, conhecida por Ribeira, é um lugar muito simpático e nos faz pensarmos que estamos em um filme.

Cara de bolacha!

       O conjunto arquitetônico Clérigos é um monumento nacional desde 1910, constituído pela Torre, Igreja e Museu, que datam sua construção no séc. XVIII com inspiração barroca e muita beleza fincada no centro da cidade do Porto.

       Outro lugar icônico é a ponte D. Luís I, que liga um lado ao outro da cidade, ela foi projetada por Theóphile Seyrig, que era discípulo de Gustave Eiffel, o nome por trás da famosa torre de Paris, sua arquitetura por sinal lembra muito a fatídica torre, o que a torna ainda mais bonita!

Ponte D. Luís I

Detalhes da Ponte

       Para completar, passei para conhecer a Livraria Lello, que é mundialmente famosa, porém só consegui ver de fora, a fila para entrar se estendia por dois quarteirões. Mas só de olhar de fora já entramos em uma viagem, mas como tem acontecido muuuiito aqui em Portugal, mais uma historinha relacionada ao Harry Potter, como eu já citei no post sobre “Trajes Académicos”, dizem que a autora se inspirou na livraria e no Café Majestic, que não tive oportunidade de conhecer para dar vida aos cenários de HOgwarts, mas enfim, vou deixar esse vídeo para babarmos juntos por esse lugar mágico. E que não quero morrer sem ver de pertinho!

Livraria Lello

       Gente acho que é isso, não vou me estender mais, heheh, quero muito fazer outros posts sobre a cidade do Porto e seus encantos, assim que eu tiver chance de ir novamente trago outras curiosidades para o QDG, espero que tenham gostado!

       Espero comentários, críticas, curiosidades que tenham para eu mostrar por aqui!

Beijos

Camila Amaral

 

Nos sigam lá gente

Insta – @quemdiriagurias

Fanpage – Quem diria gurias

Insta Camila – @lilaemsanta


Camila Amaral

Sobre Camila Amaral

Não tenho uma história bonita pra contar, de que comecei a escrever poesia com nove anos, ou que respiro porque escrevo. Sempre gostei muito de ler, e sempre gostei muito de contar histórias, mas escrever, escrever mesmo, só se tornou recorrente quando me prontifiquei a materializar esse projeto, que hoje é meu, mas também é das minhas amigas, que tanto insistiram e me fizeram prometer que ele existiria. Mas vejo, nesse pouco tempo, que comecei a passar minhas ideias e histórias para o papel, como isso tem me feito bem, e tem me ajudado nessa busca diária de me tornar um ser humano melhor, mais cheia de alma, e mais cheia de calma, percebo como isso tem me feito enxergar o que antes não via, e observar o comportamento das pessoas infinitas vezes mais que antes. Meus escritos sempre tem muito de mim, mas também tem muito do que eu observo, ouço, aprecio e absorvo por aí, um pouco fruto da realidade, um tanto fruto da imaginação. Designer de Moda por formação, sempre pronta pra me reinventar e começar de novo, graças a Deus ideias e sonhos não tem prazo de validade, e nem limite de utilização. Sou privilegiada pelas muitas “famílias” que tenho e que ganhei ao longo dos meus vinte e poucos, me sinto especial quando percebo o tanto de gente incrível me rodeia, e são esses seres mágicos, os lugares, os cheiros, gostos, os sabores, as dores, e as alegrias, os sonhos e as realizações, o dia-a-dia e o excepcional que me inspiram e servem como fonte infinita para escrever e contar pra vocês um pouquinho de como eu enxergo esse mundão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *