Museu de Leiria


       Mais uma quinta povooo, e mais um Museu pra nossa conta, Hoje vamos conhecer um pouquinho do Museu de Leiria, que está abrigado em um convento do séc. XVI, o Convento de St° Agostinho. Junto ao Convento também temos a Catedral que ganhou forma em 1577, e que ainda hoje celebra missas aos domingos.

      A estrutura que foi remodelada. para abrigar as obras de arte do seu acervo, conta com dois espaços, um de exposição permanente, que faz uma viagem pela história do território da região, e o outro de exposições temporárias de artistas diversos.

       Confesso que esperava mais, não que o Museu deixe a desejar, porém fica um gostinho de quero mais, para começar o passeio passamos pela parte que mostra o homem paleolítico, e os fósseis de dinossauros, confesso que rolou uma paixão, hehe.

       Depois vemos a parte de arte sacra, onde imagens de santos e quadros formam uma sala com ar de sagrada.

       Mas mesmo não sendo um Museu de grande extensão, conquistou este ano o “Prêmio Stilletto” que foi entregue na cerimônia do European Museum of the Year Award, o prêmio consiste em condecorar museus que tiveram grande avanço nos últimos dois anos, o que prova que Leiria não está de brincadeira quando falamos em museus.

Então é isso gente! Espero aqueles comentários, críticas e sugestões! Boa sexta para todos!

Beijos

Camila Amaral

Nos sigam lá gente

Insta – @quemdiriagurias

Fanpage – Quem diria gurias

Insta Camila – @lilaemsanta


Camila Amaral

Sobre Camila Amaral

Não tenho uma história bonita pra contar, de que comecei a escrever poesia com nove anos, ou que respiro porque escrevo. Sempre gostei muito de ler, e sempre gostei muito de contar histórias, mas escrever, escrever mesmo, só se tornou recorrente quando me prontifiquei a materializar esse projeto, que hoje é meu, mas também é das minhas amigas, que tanto insistiram e me fizeram prometer que ele existiria. Mas vejo, nesse pouco tempo, que comecei a passar minhas ideias e histórias para o papel, como isso tem me feito bem, e tem me ajudado nessa busca diária de me tornar um ser humano melhor, mais cheia de alma, e mais cheia de calma, percebo como isso tem me feito enxergar o que antes não via, e observar o comportamento das pessoas infinitas vezes mais que antes. Meus escritos sempre tem muito de mim, mas também tem muito do que eu observo, ouço, aprecio e absorvo por aí, um pouco fruto da realidade, um tanto fruto da imaginação. Designer de Moda por formação, sempre pronta pra me reinventar e começar de novo, graças a Deus ideias e sonhos não tem prazo de validade, e nem limite de utilização. Sou privilegiada pelas muitas “famílias” que tenho e que ganhei ao longo dos meus vinte e poucos, me sinto especial quando percebo o tanto de gente incrível me rodeia, e são esses seres mágicos, os lugares, os cheiros, gostos, os sabores, as dores, e as alegrias, os sonhos e as realizações, o dia-a-dia e o excepcional que me inspiram e servem como fonte infinita para escrever e contar pra vocês um pouquinho de como eu enxergo esse mundão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *