A importância da distância


Estar distante é uma arte, depende da ótica de quem a vê para classificá-la boa ou ruim. É possível amá-la ou odiá-la, mas ela não foge da regra, como tudo na vida tem seu lado bom e mau.

Aprecia-la é um dom que se conquista praticando com afinco, expandindo o pensamento e aprimorando a percepção.

Distanciar-se é trocar o tédio pela saudade

O previsível pelo duvidoso

O comedido pelo espalhafatoso

O feijão com arroz pelo miojo

A roupa lavada pelo tanque

Distanciar-se é observar sem pressupostos

Posicionar-se sem influências

Perceber as importâncias

Aceitar melhor as mudanças

Distanciar-se é encontra-se consigo mesmo

Exorcizar as desavenças

Catalogar os pensamentos

Poder chorar em silêncio

Distanciar-se é se fazer presente na ausência

Valorizar a convivência

Lidar com o julgamento

Distanciar-se é viver o hoje

Imaginar o amanhã

Construir desejos

Sonhar desafios

Distanciar-se é concretizar etapas

Amenizar desafetos

Organizar memórias

Concluir tarefas

Distanciar-se é observar de longe

Dar tempo ao tempo

Buscar a ideia

Praticar o desapego

Distanciar-se é fazer escolhas

Abrir mão de mordomias

Reorganizar preferências

Valorizar o afeto

Consentir o conselho

Distanciar-se só é preciso quando sentimos a necessidade, distanciar é uma decisão intransferível, cada um sabe o seu momento de ir, ou de não ir, mas distanciar é um verbo necessário a quem não consegue viver condicionado. E só quem teve coragem de se distanciar, conhece a importância que tem a distância.

 


Camila Amaral

Sobre Camila Amaral

Não tenho uma história bonita pra contar, de que comecei a escrever poesia com nove anos, ou que respiro porque escrevo. Sempre gostei muito de ler, e sempre gostei muito de contar histórias, mas escrever, escrever mesmo, só se tornou recorrente quando me prontifiquei a materializar esse projeto, que hoje é meu, mas também é das minhas amigas, que tanto insistiram e me fizeram prometer que ele existiria. Mas vejo, nesse pouco tempo, que comecei a passar minhas ideias e histórias para o papel, como isso tem me feito bem, e tem me ajudado nessa busca diária de me tornar um ser humano melhor, mais cheia de alma, e mais cheia de calma, percebo como isso tem me feito enxergar o que antes não via, e observar o comportamento das pessoas infinitas vezes mais que antes. Meus escritos sempre tem muito de mim, mas também tem muito do que eu observo, ouço, aprecio e absorvo por aí, um pouco fruto da realidade, um tanto fruto da imaginação. Designer de Moda por formação, sempre pronta pra me reinventar e começar de novo, graças a Deus ideias e sonhos não tem prazo de validade, e nem limite de utilização. Sou privilegiada pelas muitas “famílias” que tenho e que ganhei ao longo dos meus vinte e poucos, me sinto especial quando percebo o tanto de gente incrível me rodeia, e são esses seres mágicos, os lugares, os cheiros, gostos, os sabores, as dores, e as alegrias, os sonhos e as realizações, o dia-a-dia e o excepcional que me inspiram e servem como fonte infinita para escrever e contar pra vocês um pouquinho de como eu enxergo esse mundão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *