Curiosidades #Duas imperiais por favor!


– Oii, eu queria dois chopes por favor?

– Desculpe, não percebi (vulgo entendi)!

      Assim começou minha experiência de tomar IMPERIAIS em Portugal, aqui não se usa a palavra chope, e sim imperial, com exceção do Porto e algumas cidades do Norte, que chamam de fino, o país todo chama de imperial.

       A história da cerveja em Portugal é antiga, e hoje conta com duas fortes empresas que produzem esta iguaria, a Centralcer e a Unicer, que respectivamente, são responsáveis pelas marcas Sagres e Superbock. Estas duas marcas são encontradas em todos os lugares e mercados por aqui.

SUPER BOCK

SAGRES

      Depois que eu aprendi que o “nosso chope” é a “imperial deles”, tudo ficou mais fácil e comecei a saber pedir quando chegava nos lugares, e para constar uma imperial tem 200ml, se quiser um de 500ml, deve pedir uma “caneca”.

     Alguns bares e restaurantes oferecem mais tipos de imperiais, escuras, ruivas, e também cervejas importadas, mas por “norma” como eles falam, Sagres e Superbock são as ofertadas. E quando se fala em imperial estamos falando do copo servido, pois o chope em si se chama “cerveja de pressão” ou “cerveja de barril”.

      Outra curiosidade muito interessante é que eles tem dois tamanhos para a “nossa Longneck”, tem a “Mini” de 200ml e a “Média” de 330ml, que é o tamanho que estamos acostumados. E as caixas, tem com várias quantidades quando compramos no mercado, de acordo com a sede do cliente, tem packs de 6 como estamos habituados, de 12, 15, 24 e até 30 garrafas, achei muito interessante. As latas até existem, mas são bem escassas.

     Vou deixar uma amostra do material de propaganda de cada marca, para que observemos que sim, é possível fazer propagandas legais sem mulheres peladas ou apelações, de todas as propagandas que rodam por aqui, que de fato publicidade não é o forte dos portugueses, estas duas marcas de cerveja tem reinventado seu produto de maneiras muito inteligentes.

SAGRES

SUPERBOCK

       Bom gente, essa é mais uma curiosidade que vou deixar por aqui, espero que vocês tenham gostado, e que quando vierem a Portugal tomem muitas imperiais, e se tiver que escolher eu gostei mais da Superbock do que da Sagres, mas dizem por aqui que é gosto de mulher, hehe, enfim, espero comentários, críticas e sugestões!

Beijos

Camila Amaral

Nos sigam lá gente

Insta – @quemdiriagurias

Fanpage – Quem diria gurias

Insta Camila – @lilaemsanta

 

 

 


Camila Amaral

Sobre Camila Amaral

Não tenho uma história bonita pra contar, de que comecei a escrever poesia com nove anos, ou que respiro porque escrevo. Sempre gostei muito de ler, e sempre gostei muito de contar histórias, mas escrever, escrever mesmo, só se tornou recorrente quando me prontifiquei a materializar esse projeto, que hoje é meu, mas também é das minhas amigas, que tanto insistiram e me fizeram prometer que ele existiria. Mas vejo, nesse pouco tempo, que comecei a passar minhas ideias e histórias para o papel, como isso tem me feito bem, e tem me ajudado nessa busca diária de me tornar um ser humano melhor, mais cheia de alma, e mais cheia de calma, percebo como isso tem me feito enxergar o que antes não via, e observar o comportamento das pessoas infinitas vezes mais que antes. Meus escritos sempre tem muito de mim, mas também tem muito do que eu observo, ouço, aprecio e absorvo por aí, um pouco fruto da realidade, um tanto fruto da imaginação. Designer de Moda por formação, sempre pronta pra me reinventar e começar de novo, graças a Deus ideias e sonhos não tem prazo de validade, e nem limite de utilização. Sou privilegiada pelas muitas “famílias” que tenho e que ganhei ao longo dos meus vinte e poucos, me sinto especial quando percebo o tanto de gente incrível me rodeia, e são esses seres mágicos, os lugares, os cheiros, gostos, os sabores, as dores, e as alegrias, os sonhos e as realizações, o dia-a-dia e o excepcional que me inspiram e servem como fonte infinita para escrever e contar pra vocês um pouquinho de como eu enxergo esse mundão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *