Curiosidades #Cuidado! Montra em execução


       Ehh, segunda-feira, dia internacional da preguiça, mas o QDG está voltando a forma e querendo trazer novidades sempre. E hoje, quero que vocês fiquem atentos: Cuidado! Montra em execução!

      Esta é uma curiosidade que eu trouxe de Portugal e ainda não havia compartilhado por aqui, os resquícios da minha profissão (designer de moda), não me permitem passar por uma vitrine sem fazer uma análise mental, pois bem, quando cheguei em Portugal não foi diferente.

      Tirando o fato de que como aqui as cidades são muuuuuiito mais antigas que no Brasil, e eu não entendo muito bem como algumas lojas ainda conseguem estar abertas, muitas vitrines tem um aspecto ultrapassado e nada moderno, e isso se repetiu na maioria dos lugares que conheci aqui na Europa, claro que as grandes marcas e as ruas centrais tem lojas remodeladas e com design, porém, quando nos afastamos dos centros, vemos muitas coisas que passariam por obsoletas.

     É um tanto estranho, mas é a cultura deles, alguns comércios são tão antigos e mantêm a mesma forma de trabalho de antigamente, penso que este é um ponto positivo no Brasil, pois estamos sempre inovando, e quem não se reinventa fica para trás.

      Mas deixando essa minha opinião de lado vamos falar dessa curiosidade! Qual a primeira coisa que vem a cabeça quando vê a frase: Montra em execução? Na minha parecia uma obra, ou algo que pode cair na minha cabeça, ou uma estrutura sendo montada, mil coisas, mas pasmem, é apenas um aviso de que a vitrine não está terminada!

      Simmm, eles deixam recados nas vitrines com este aviso, porém o mais impressionante é que algumas montras nunca saem de execução, eles nunca terminam, é muito engraçado, há avisos fixos, avisos enfeitados, e aqui eu só trouxe algumas fotos, a grande maioria das lojas o tem.

      Então gente, quando estiverem em Portugal, tomem cuidado, pois verão muitas “Montras em execução”, brincadeiras à parte, no fim eu até achei simpático avisar que a vitrine está em construção, mas antipático nunca terminá-la, hehehe.

      Espero que tenham gostado dessa curiosidade, que achei interessante de compartilhar com vocês, aguardo sugestões, críticas, perguntas!!

Um beijo

Camila Amaral

Nos sigam lá gente

Insta – @quemdiriagurias

Fanpage – Quem diria gurias

Insta Camila – @lilanomundo


Camila Amaral

Sobre Camila Amaral

Não tenho uma história bonita pra contar, de que comecei a escrever poesia com nove anos, ou que respiro porque escrevo. Sempre gostei muito de ler, e sempre gostei muito de contar histórias, mas escrever, escrever mesmo, só se tornou recorrente quando me prontifiquei a materializar esse projeto, que hoje é meu, mas também é das minhas amigas, que tanto insistiram e me fizeram prometer que ele existiria. Mas vejo, nesse pouco tempo, que comecei a passar minhas ideias e histórias para o papel, como isso tem me feito bem, e tem me ajudado nessa busca diária de me tornar um ser humano melhor, mais cheia de alma, e mais cheia de calma, percebo como isso tem me feito enxergar o que antes não via, e observar o comportamento das pessoas infinitas vezes mais que antes. Meus escritos sempre tem muito de mim, mas também tem muito do que eu observo, ouço, aprecio e absorvo por aí, um pouco fruto da realidade, um tanto fruto da imaginação. Designer de Moda por formação, sempre pronta pra me reinventar e começar de novo, graças a Deus ideias e sonhos não tem prazo de validade, e nem limite de utilização. Sou privilegiada pelas muitas “famílias” que tenho e que ganhei ao longo dos meus vinte e poucos, me sinto especial quando percebo o tanto de gente incrível me rodeia, e são esses seres mágicos, os lugares, os cheiros, gostos, os sabores, as dores, e as alegrias, os sonhos e as realizações, o dia-a-dia e o excepcional que me inspiram e servem como fonte infinita para escrever e contar pra vocês um pouquinho de como eu enxergo esse mundão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *