#1/12 – Mês a mês do quemdiria


capa

             Ehhhhhhh, quem diria gurias, o blog está completando o primeiro mês de vida!

            Hoje quero agradecer a todos aqueles que de alguma forma contribuíram para que o quemdiriagurias.com tomasse forma, transformando minhas ideias em realidade.

            Talvez criar um blog possa parecer algo banal, trivial, até fútil quem sabe, mas para mim, criar o quemdiria, foi muito além, foi ultrapassar barreiras pessoais, foi satisfazer desejos, foi materializar ideias, foi cumprir promessas, foi muita coisa, e nesse primeiro mês tá tudo muito novo, e também cheio responsabilidade, mas os desafios são quase a melhor parte.

           Várias coisas passam pela cabeça, as publicações sempre terão dois lados, o daqueles que se identificarão e daqueles que criticarão, rola insegurança, rola medo, mas rola também satisfação e orgulho.

           No quemdiria tudo foi pensado com carinho, então para todos aqueles que acompanham o blog, muitíssimo obriiii, comentem, mandem sugestões, digam o que pensam, de bom e de ruim, pois só com troca eu vou poder melhorar a cada dia, deixando um espaço mais agradável para vocês.

          Alguns nomes não posso deixar de citar, e agradecer infinitamente, Ronaldo Vinícius, meu colega e inspiração profissional, criou em aquarela o primeiro logo do quem diria, ao Adriano Silva, o programador da Developer Ninja que foi incansável, teve e tem uma paciência de jó pra me aguentar, ao Igor Orzechowski, Designer gráfico, responsável pelo layout final do blog, conseguiu absorver minhas ideias, e deixar muito com a minha cara em tempo recorde.

CAPA

          Também não posso deixar de citar minhas amigas lindas inspiradoras Ju, Jé, Mare, Raq, Isa, Chow, Deia, Carol…vocês são minha certeza sempre…

          E pra finalizar agradecer aos meus colaboradores fotográficos Felipe Rapaki, Mariana Matos e Roberta Sant’anna, que fazem do quemdiria um lugar mais autêntico, pois as imagens lindas que ilustram nossos posts, todas são de autoria deles, com exceção das do Inventando Moda…ainda não conseguimos fazer fotos exclusivas, mas logo teremos novidades, pois a Renata Rodrigues está arrasando como nossa colunista, também agradecer a minha pequena Duda Linhares, que vai pouco a pouco dividir mais suas ideias com a gente.

           Esse primeiro mês foi enriquecedor, é tipo um namoro, e eu tô apaixonada, curtindo, cuidando e dando atenção pra esse projeto que tem tanto amor envolvido, ter o trabalho reconhecido é algo sem valor estimável, saber que já existem pessoas que acompanham e tem carinho pelo quemdiriagurias é a maior motivação que eu posso querer.

             Segue a gente nas redes sociais:

             Página: Quem diria gurias

             Insta: @quemdiriagurias

             Quem quiser me seguir também:

             Face: Camila Amaral

             Insta: @lilaemsanta

Beijos, beijos

                  Camila Amaral


Camila Amaral

Sobre Camila Amaral

Não tenho uma história bonita pra contar, de que comecei a escrever poesia com nove anos, ou que respiro porque escrevo. Sempre gostei muito de ler, e sempre gostei muito de contar histórias, mas escrever, escrever mesmo, só se tornou recorrente quando me prontifiquei a materializar esse projeto, que hoje é meu, mas também é das minhas amigas, que tanto insistiram e me fizeram prometer que ele existiria. Mas vejo, nesse pouco tempo, que comecei a passar minhas ideias e histórias para o papel, como isso tem me feito bem, e tem me ajudado nessa busca diária de me tornar um ser humano melhor, mais cheia de alma, e mais cheia de calma, percebo como isso tem me feito enxergar o que antes não via, e observar o comportamento das pessoas infinitas vezes mais que antes. Meus escritos sempre tem muito de mim, mas também tem muito do que eu observo, ouço, aprecio e absorvo por aí, um pouco fruto da realidade, um tanto fruto da imaginação. Designer de Moda por formação, sempre pronta pra me reinventar e começar de novo, graças a Deus ideias e sonhos não tem prazo de validade, e nem limite de utilização. Sou privilegiada pelas muitas “famílias” que tenho e que ganhei ao longo dos meus vinte e poucos, me sinto especial quando percebo o tanto de gente incrível me rodeia, e são esses seres mágicos, os lugares, os cheiros, gostos, os sabores, as dores, e as alegrias, os sonhos e as realizações, o dia-a-dia e o excepcional que me inspiram e servem como fonte infinita para escrever e contar pra vocês um pouquinho de como eu enxergo esse mundão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *